Sabe as resoluções que costumam dar o tom dos seus objetivos para o ano seguinte? Pois então, agora é hora de colocar a concentração em ordem para aplicá-las e não mais relegá-las para o ano seguinte.

Para ajudar, nós selecionamos 9 dicas importantes para você que deseja começar o ano de 2018 com a concentração elevada. Quer saber quais são? Então, siga com a leitura deste post e avalie conosco algumas maneiras simples e práticas de exercitar o foco em seus objetivos!

1. Procure ambientes com menos distrações

Embora pareça uma dica óbvia, há muito mais por trás de nossa primeira sugestão. Afinal, nem sempre percebemos o quanto as pequenas distrações do dia a dia são incômodas para a nossa concentração.

Por exemplo: quem trabalha em regime de home office tem a TV por perto, o convidativo sofá, a cama com lençóis esticadinhos, pedindo companhia para um cochilo… Isso tudo, quando acumulado, prejudica a sua produtividade.

Como alternativa, experimente trabalhar em locais sossegados, que estejam equipados com o mínimo para garantir a sua produtividade com muita concentração. O coworking é um desses ambientes. Duvida? Então, confira depois os 10 motivos que reunimos para você migrar para um coworking!

2. Pratique exercícios físicos

Existe uma série de estudos que associam um melhor desempenho da concentração com a prática de exercícios físicos. E não precisa ser nada excessivamente trabalhoso: troque o elevador pelas escadas, caminhe ao redor do bairro e faça desses pequenos hábitos uma rotina. Além de aprimorar a qualidade vida, sua saúde mental agradece.

3. Planeje a sua semana

Uma maneira excelente de fortalecer a concentração é sabendo, antecipadamente, como será o seu dia. Ou seja: no final da semana procure planejar alguns dias à frente. Assim, você se organiza de maneira automática para que as tarefas não acumulem e que imprevistos coloquem o seu cronograma a perder.

Sem falar que é um saudável exercício mental para segmentar tarefas, estabelecer prioridades e trabalhar qualitativamente a sua gestão do tempo.

4. Exercite a memória em nome da concentração

Leia mais, pratique a memorização e, com isso, exercite o cérebro. Embora não seja um músculo, o processo ajuda a tornar a mente mais afiada, com um vocabulário mais extenso e com facilidade para articular a organização do dia a dia.

Quer uma dica sobre por onde começar? Que tal pela nossa lista com os 12 livros de negócios que você não poder deixar de ler?

É inegável, inclusive, o quanto isso contribui com o desenvolvimento de sua concentração. Afinal de contas, sua mente alerta possibilita menos desgastes causados por distrações.

5. Divida as tarefas maiores em menores partes

Poucas coisas prejudicam tanto a concentração quanto uma tarefa extensa e cansativa. Para contornar o problema, uma boa solução consiste em dividir o trabalho em partes menores. Assim, você consegue descansar entre elas, dedica-se melhor aos afazeres e pode até mesmo planejar um prazo mais elástico para finalizá-la por completo.

6. Encontre o seu melhor horário produtivo

Mantendo uma rotina mais controlada, você pode aproveitar para produzir quando sua concentração é naturalmente elevada. Assim, você não se força excessivamente para lidar com uma tarefa quando a mente não acompanha a sua necessidade.

Uma boa maneira de praticar esses horários intercalados de concentração é por meio de métodos de estudo, como a técnica pomodoro. Basicamente, ela funciona com um intervalo de tempo pré-definido — 50 minutos, por exemplo — de concentração em uma atividade. Em seguida, você se recompensa com 5 ou 10 minutos de descanso antes de voltar ao trabalho.

7. Medite e respire fundo

A meditação concentra alguns benefícios para o corpo e a mente. É mais uma maneira de ajudar a descarregar a tensão e devolver a atividade do cérebro a um ritmo menos rigoroso. Consequentemente, você volta a focar melhor em suas atividades.

8. Descanse

A privação do sono ou as noites de baixa qualidade com o travesseiro prejudicam a sua atenção. Basta pensar o quanto o sono, ao longo do dia, interfere na sua produtividade. Imagine, então, o que faz com a sua concentração?

Procure estabelecer uma média diária de 8 horas de sono. É o tempo recomendado por especialistas para que o cérebro descanse adequadamente, recarregando também as suas energias para o dia seguinte.

9. Mude sua rotina

Por fim, que tal avaliar o quanto as mesmas tarefas e horários, seguidos rigorosamente, estão prejudicando a sua concentração? Para isso, mude a ordem de tarefas, varie os percursos cotidianos e mude a maneira de lidar com o seu trabalho.

A mudança, em muitos casos, pode ser benéfica para que você enxergue as situações sob outra perspectiva. Para a concentração que já vinha abalada com a mesmice cotidiana, pode ser de grande ajuda.

E, como a concentração é o foco principal deste artigo, confira também nosso artigo que ajuda a organizar suas ideias por meio do pensamento visual!